domingo, 23 de março de 2008

Teu Olhar

A noite nasce
Quando o Sol vai descansar
E antes que o sono me abrace
As estrelas vêm iluminar.

Mar de ternura
Molha minha alma congelada
Há tempos não sentia
Essa fábula encantada.

O vento a soprar
Palavras com pensamentos
Quando encontram seu olhar
Se diluem o espaço e o tempo.

Mergulho sem me preocupar
No mistério que você guarda em si
E resolvi desmascarar
O sentimento guardado em mim.

Uma flor desabrochando
Entre dois universos
É confiança se apaixonando
E se declarando em versos.

Não é mais oculto teu olhar
Já que seus olhos se fecharam
Tudo se tornou claro como o luar
E as estrelas se apagaram.

~~By Jejels, 03/03/08~~

Nenhum comentário: