terça-feira, 3 de junho de 2008

Reino dos campos amenos

Astro,
Luz que aquece no aurora
Brilha essa luz no topo do mastro
Mostre-me a verdade agora...
Realidade
Nos teus olhos se torna
Felicidade.

Reino,
O palácio nesse campo ameno,
Teu sublime trono suntuoso,
O sábio rei sereno...
Liderança
Nos teus atos me traz
Esperança.

E a justiça que segue
Brotou das tuas mãos
E agora em mim florece
O amor que há em seu coração.

Medo,
Reina em minha alma
Algo mais complexo que um segredo
Que rouba meu sono e minha calma...
Tuas asas
Em minha pele ardem como
Brasas...

Luar do campo ameno
Ao som da tua canção
Nas mãos do anjo sereno
Descansa o meu coração...

Nessa canção
Minha solidão
Escorre pelo chão,
Dá lugar à sua compreensão.



Jejels, 02/06/2008.

Nenhum comentário: