sábado, 4 de outubro de 2008

Dor

Queima meus olhos
Esse sentimento impiedoso.

Explode em meu peito
E sai em forma de lágrimas
Pedaços de minha alma
Dilacerada.

Tortura interminável que lava meus olhos
E faz sangrar meu coração...

Um corpo jogado ao chão
Se retorcendo com a agonia da dor
A agonia de não ter para onde ir...
A agonia do desamor.

Dor?
É o que sinto...
Inexplicável,
Insuportável,
Inacabável...



Jejels, 04/10/2008.

Um comentário:

Rafael Daher disse...

Profundo e sincero, você é linda.
Um beijo,
Rafa.