segunda-feira, 20 de outubro de 2008

Teu Olhar

O olhar,
O olhar
Abstrato
Num retrato
Que me faz sonhar.

O olhar,
O olhar
Tão distante
Um gigante
Desejo de te encontrar.

Nuvem brilhante
O sonho despertou
O irreal deslumbrante
Do universo do amor.

Palavras doces
Aos meus ouvidos
E lindos pontos brilhantes
No céu a piscar.

Perfume macio
Desvia minha mente
Sempre contente
Em ver você.

Um toque calmo
Mesmo à distância
É a minha esperança
Da tua presença.

O olhar,
Teu olhar
Um constante sentimento
Que te traz
Pra perto de mim.



Jejels, 18/10/2008.

Um comentário:

Phillipe disse...

Jééésica!

Não pense que esqueci do seu blog...

Vc escreve mto bem, os poemas mais bonitos estão aqui!!!