sexta-feira, 28 de novembro de 2008

Posso!

Não posso,
Não posso
Perder a calma.

Não posso,
Não posso
Me mexer.

Não posso
Ouvir nem ver,
Não posso
Sair daqui.

Não posso,
Mas quero...

Espero, almejo,
Desejo, persevero...

Eu quero,
Mas não posso...

Fim do poço?
Eu posso!



Jejels, 22/08/2008.

Um comentário:

Phillipe disse...

Oooi xD
Eu posso
Aparecer aqui e dizer
Que esse poema ficou 10? xD