sábado, 7 de fevereiro de 2009

Conversa do bloco N

Nada me inunda
Nessa nua nadadeira
Num barco navegante
Que me naufragou num lugar distante.

Nem você e nem ninguém pode me salvar
Nesse barco eu entrei para naufragar.

Namorados nunca dizem não
Então naufraguei
E negarei o néctar da nitidez.

Nunca irei te esquecer,
Na neve, a negação,
Negar esse naufrágio...

Não irei aguentar,
Não há nada que me faça esquecer
Que nascemos nesse necrotério,
Nesse negrume negligente,
Náufragos
E a nuvem gigante.

Nutrir meus sonhos
Nevoados com que te vi
Nunca tive náusea com seus amores...

Porque eu te amo.



Jejels, Lu e Marina, 28/01/2009.

Nenhum comentário: