terça-feira, 31 de março de 2009

Sadismo

Não posso combater isso,
O que sinto,
O que vivo...

Minha única arma é o meu sorriso,
Minha única saída é a força,
O autocontrole do espírito.

Minha fraqueza é a admiração,
O sonho, a ilusão,
É o elemento surpresa.

Meu desejo é viver,
É vencer,
Exterminar qualquer expressão.

E assim me reprimo
Para me salvar do sadismo
Ao meu redor.



Jejels, 31/03/2009.

Nenhum comentário: