quinta-feira, 23 de abril de 2009

Por hoje

Preso ao meu triste passado,
Lágrimas caem dos meus olhos.
Sinto-me arrasado, desanimado,
Tenho medo dos constantes pesadelos.

Assim é a minha vida,
Cheia de angústias
De um passado que me trucida
Com lembranças doentias.

Mas depois de muito insistir,
Parte de mim consegue vencer.
Passei a ter forças para sorrir
Para a felicidade permanecer.

E aos poucos consigo aceitar
Esse passado infeliz.
E assim procuro me lembrar
Que só por hoje eu quero ser feliz.



Phillipe Gustavo, 01/04/2009.

8 comentários:

marina disse...

Humm..

Phillipe disse...

/tátosco >.<

JeJeLs, a RaInHa De JeJeLsLâNdIa disse...

"Humm" significa que voce gostou, Mairna?
P.S: Faz um tempão que você não comenta, pensei que tivesse parado de ler o blog =P

Phillipe disse...

É mesmo Marina. Pode falar, tá tosco! xD

JeJeLs, a RaInHa De JeJeLsLâNdIa disse...

Tá tosco o caramba!! Eii, Marina! Tava lembrando hoje que você ainda tá com meu pendrive, né? Eu quero ele de volta! =P

marina disse...

Hum e tipo isso mexeu comigo preciso pensar mais sobre o assunto ... acho que essa poesia cabe um pouco no meu cotidiano .... a sei la e meio profunda eu gostei , nao tem nada de tosco.

P.S: eu to com seu pen drive mais eu vou devolver assim que der
P.S ²: eu nunca paro de ler seu blog e voce sabe disso e que as vezes nao tenho nada a falar das poesias xD

Phillipe disse...

Ah que legal que você gostou então... ^^
Pelo menos vc se dá ao trabalho de ler as minhas tosquices! xD

alex-luise disse...
Este comentário foi removido pelo autor.