quarta-feira, 27 de maio de 2009

Acordando para o sonho

Uma faísca brincou
Por entre seu olhar;
Uma faísca que me tocou
E fez-me despertar.

A mente floresceu,
Abriu-se para o irreal,
Acreditou no que era seu
- No seu poder surreal.

Então deixei-me ir
Ao universo infinito
Que vi a se abrir
No seu sorriso.



Jejels, 27/05/2009.

Nenhum comentário: