domingo, 21 de junho de 2009

Amor

Tua voz suave
Ressonante,
Minha alma desperta tão contente,
Você ainda mora em mim,
Cada pedaço como flores em um jardim...

Esperarei quanto tempo demorar
Pois meu amor eternidade irá durar
E em cada segundo
Estarei junto
De ti.

Os dias passam lentamente
E tua presença evapora de repente
E nos teus braços,
Em teus abraços
Quero estar.

Todo o amor nesse coração sofrido
É por você, meu anjo destemido
E quando teus olhos eu encontrar
Para sempre com você vou desejar estar.

Quando a chuva cair
Meu coração irá se abrir
E vou mostrar
O quanto é possível amar,
Igual ao meu amor
Jamais encontrará.




Jejels, 2007.

Nenhum comentário: