quinta-feira, 18 de junho de 2009

Estrelas


Quando no vento frio
Vem a noite e aquece,
Tudo fica mais sombrio
E seu coração entristece
Não há mais nada a fazer.


Se o seu céu não tem mais estrelas,
Por que terminar assim
Se quando traças o meu caminho
Vai encontrá-las em mim?
Apenas feche os seus olhos
E não verás escuridão;
Já que se sente tão sozinho,
Liberte o seu coração.


Nada acabou ainda,
Há um mundo a conhecer
E a dor que a vida nos ensina
Não é só para sofrer,
Pois seu coração te ilumina.


Sinta as asas que abraçam,
Seus sonhos começando
Vêm e te acalmam,
Você vai aos poucos despertando,
Mas o mundo não pára.


Se o seu céu não tem mais estrelas,
Por que terminar assim
Se quando traças o meu caminho
Vai encontrá-las em mim?
Apenas feche os seus olhos
E não verás escuridão;
Já que se sente tão sozinho,
Liberte o seu coração.


Se algum dia se sentir sozinho
E então a escuridão vier,
Procure e achará meu caminho
E poderei te fazer sorrir;
Iluminarei seu caminho
E uma nova estrela vai surgir
Então olhe e faças um pedido
E estaremos juntos até o fim.




Jejels, 10/08/2007.


Nenhum comentário: