segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

Cumplicidade


Num diálogo entre olhares
(as palavras são desnecessárias),
Falamos de mil mares
E suas belezas raras.

Nada entre nós é desconhecido,
Não há nenhum segredo...
Imagino o que teria acontecido
Se você não tivesse me encontrado tão cedo.

A bolha que nos envolve é resistente
E nos separa do resto do mundo;
Enquanto nossos olhos conversam,
Em teus pensamentos, me inundo.

Nada mais importa agora
Além de nossa conexão.



Jejels, 08/02/2010.

Nenhum comentário: