sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

Cansaço

Nada do que faço parece ter sentido,
Nada pode ser comparado ao que tenho sentido.

E durante todo esse tempo,
Houve apenas privação...
Privação de você,
A dura tortura, minha prisão...

E eu quero chorar,
Quero desabafar,
Mas nenhuma lágrima a mais
Ousa formar-se em meus olhos.

Estou cansada...

Cansada de esperar por um dia que se afasta,
Cansada de ter alucinações,
Cansada das minhas ilusões,
Cansada da semana que se arrasta.

Cansada de sentir pesar meu coração todas as vezes que ouço seu nome.



Jejels, 12/02/2010.

Nenhum comentário: