quinta-feira, 18 de março de 2010

Balanço

Instabilidade sentimental
Preenche meu interior
E traz o torpor
No dia glacial.

Foge-me o controle
E não vejo como possuí-lo
- Ninguém é dono do próprio coração.

Esvazio minha mente,
Fujo do assunto,
Em textos, mergulho
Buscando outro mundo.

Preso a esse balanço,
Ao desarranjo emocional,
Disfarço o avanço
Do sentir-me mal.




Jejels, 18/03/2010.

Nenhum comentário: