sábado, 6 de março de 2010

Novo mundo


Quando fecho meus olhos,
Abro minha mente para um novo mundo
Em que os odores são diferentes,
Tão subjetivos e profundos.

Os sabores são coloridos,
Mas suas cores são uma mistura
Dos tons de sorrisos
E uma doce ternura.

Os sons são sinfonias ímpares
Que se dissipam no ar
Como que viajantes dos mares
Ouvindo uma bela sereia a cantar.

Quando fecho meus olhos,
Abro minha mente para um novo mundo
Em que as essências tomam o lugar das aparências
E tenho certeza de que é o lugar mais seguro.



Jejels, 06/03/2010.

Nenhum comentário: