quarta-feira, 5 de maio de 2010

Sorriso contagiante

Entre um olhar e um sorriso,
Encontrei-a.

E apesar de tudo o que a estava entorpecendo,
Apesar da dor
E de não saber o que estava acontecendo,
Um sorriso, ela esboçou.

Era uma criança a sorrir para mim...
Que faria eu, senão retribuir?

A verdade é que isso me contagiou...
Riso mais gostoso, não pude encontrar
E agora sinto falta do abraço dela...
Minha sorridente Isabela.





Jejels, 05/05/2010.

Nenhum comentário: