quarta-feira, 5 de maio de 2010

Te deixarei

Quando não mais puder
ao seu lado caminhar
Para não atrasar-lhe os passos

Quando só por suas mãos
eu conseguir vencer os obstáculos

Quando a visão me falhar
e de seus lábios saírem
a descrição do mundo

Te deixarei
ficarei a beira do caminho
mas não me sentirei só ou triste

Terei as lembranças de nossa vida
para me confortar
como um acalanto para a alma

Em minhas mãos ainda sentirei
o calor de seu corpo

Quando você no horizonte desaparecer
estarei sorrindo, com a certeza
de ter cumprido o meu dever

Te deixarei
não porque não me amas mais
mas porque eu te amo...





Almir Capthor ( retirado de http://www.amanhecercompoesia.com.br )

Nenhum comentário: