domingo, 27 de junho de 2010

02/06/2010

um rebuliço dentro do meu peito
denuncia a tua chegada
o ruido das chaves
a porta
a sala iluminada
o teu jeito
o teu sorriso
o teu ar de cansada
a voz que me adoça os ouvidos
duvido
que algum dia
eu te abandone
nunca
por nada






Jose Luis (retirado de http://www.slowdown.com.br/ )

Nenhum comentário: