sábado, 12 de junho de 2010

Imortal

Não peço nada além da sua atenção, pois seu olhar sereno e transparente já é o bastante para me fazer bem. Mas sua alma iluminada não se contenta com isso e me cobre de beijos sinceros, abraços e sorrisos. Não peço nada, pois você já é tudo; tudo o que eu poderia sonhar um dia, tudo o que eu sonhei e se tornou realidade. Não peço nada porque sempre me tiram tudo, e porque já tenho a única coisa que nunca arrancarão de mim; mesmo que me enlouqueçam, me envenenem, que ponham para fora tudo o que há dentro da minha pele; mesmo que me tirem a vida e joguem fora o meu coração, jamais tirarão o amor que você me dá a cada dia, pois mesmo estudando o meu coração e conhecendo-o a cada milímetro não irão compreender... Para o amor não há espaço nem tempo, não há física. O amor está impregnado em minha alma, enchendo-a de vida. Quando eu morrer, quero que seja nos seus braços, para que eu possa dormir sabendo que valeu a pena e te dizer que vou estar te esperando, junto às estrelas, para contemplar a cada dia um brilho que se aproxime ao do seu olhar. Não peço que não chore, pois o sentimento é feito para se expressar... Mas saiba que abaixo da terra estará apenas o meu corpo, e não eu. Enquanto eu estiver na sua memória e no seu coração, estarei viva através de você; minha outra metade, minha fonte de vida, meu caminho, meu eterno amor.





Jejels, 06/06/2008.

Nenhum comentário: