domingo, 13 de junho de 2010

Lembranças

Desenho uma casa
Num campo
E canto
E vejo suas asas.

Mergulho nas brasas
Num silêncio
E penso
Na alegria que vaza.

O entardecer tem cores
Que me lembram você.

Leio um artigo
Num canto
Que canto
Quando estou contigo.

Escrevo um verso
Numa estrela
Que prospera
Pelo imenso universo.

O anoitecer tem sabores
Que me lembram você.

Ouço um ruído
De caramelo
E meço
O que foi perdido.

Toco a melodia
Da felicidade
Na saudade
Que sinto todo dia.

O viver tem flores
Que me lembram você.

A vida tem amores
Que não me deixam esquecer,
O mundo tem vetores
Que te fazem aparecer
Nas fotos, nos tambores,
Me fazem enlouquecer...

E não quero esquecer,
Eu vou me lembrar de você.







Jejels, 2008.

Nenhum comentário: