sábado, 10 de julho de 2010

À espera

Esperando por você,
Por algum sinal,
Esperando por um porquê.

É uma espera difícil
E até agora, sem resultado;
"Eu ia te contar", você diz,
Mas agora está calado.

Estou sempre te buscando,
Mas parece que você está a cada dia
Diluindo-se, escapando
Como areia por entre meus dedos.

Você pronuncia as palavras,
Mas para mim, elas não servem mais...
Queria poder sentir como antes
Tudo o que você diz que faz.

Os ponteiros do relógio movem-se lentamente
Enquanto espero por você,
Por algum sinal
De que ainda há no que crer.




Jejels, 10/07/2010.
Pauta para a 59ª edição poemas do Bloínquês.

2 comentários:

NaTy disse...

adoro seus poemas...
são tão lindos!
amo vc!

Ana Paula Ribeiro disse...

Olá linda, passando aqui para avisar sobre a sorteio de um layout que está acontecendo no Heart Dreamer, corra lá e se inscreva, você pode ser a grande vencedora. Beijos ;*
Link do sorteio: http://ribeiroap.blogspot.com/2011/10/sorteio-de-um-layout.html