quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Buscando

Busco o alaranjado do pôr-do-sol
Que mancha as nuvens
Livres e leves.

Busco aquela vibração do céu estrelado
Que se revela aos poucos,
Sereno e breve.

Busco o segredo silenciado,
O suspiro que exala
A emoção do calado.



Jejels, 02/08/2010.

Nenhum comentário: