terça-feira, 14 de setembro de 2010

Definhando

Atividades tomando conta de meu calendário,
A rotina desdobrando-se em tarefas a fazer:
Quando penso ter acabado
Foi apenas por esquecer.

O sol ilumina meus pensamentos
E o corpo não questiona o trabalho,
Mas à noite vem o tormento
De um temperamento desnorteado.

O corpo ferve,
O coração aperta,
A mente perde
O controle.

Luto contra as lágrimas,
Prendo-as em meus olhos
Contendo com a força que posso
O resto de vida que ainda não foi embora.




Jejels, 14/09/2010.

Nenhum comentário: