terça-feira, 19 de outubro de 2010

Pulsação


Na noite calma e serena que pousa no céu,
Posso ouvir novos sons
De um mundo mais tranquilo
Mesmo com todos os seus desarmônicos tons.

No cetim azul brilha o espelho prateado,
Espelho do coração dos apaixonados,
Em que vejo refletido o brilho de seus olhos.

E quando fecho os olhos,
A penumbra torna-se escuridão,
Trazendo a emoção
De acreditar que você está aqui.

Sua voz sussurrando em meus ouvidos,
Seus braços ao redor da minha cintura,
Seus dedos por entre meus cabelos...

Você está aqui, é verdade,
Pulsando em meu coração.




Jejels, 19/10/2010.

Nenhum comentário: