terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Subterrâneo

Nervosismo,
O coração disparado...
Olho para os lados
Tentando tudo captar.

Estou sozinha
A uma velocidade impressionante,
Num estado exorbitante
De acúmulo de adrenalina.

Deveria eu estar aqui?
Deveria fazer isso?
A culpa não deveria existir,
Já estou no meio do caminho.

No túnel escuro,
Com olhos atentos,
Sumi de meu mundo
Por alguns momentos.


Jejels, 14/12/2010.

Um comentário:

Marina disse...

"Deveria eu estar aqui?
Deveria fazer isso?"
me fasso essas perguntas com muita frequência.
marina mourão