terça-feira, 4 de janeiro de 2011

Noite chuvosa

Mais um dia de rotina,
Estou voltando a minha vida
E acordando do sonho.

Dias cinzas vêm me acolher
Com sua nebulosidade
E sua umidade confortáveis.

O som dos pingos de chuva
A descer o vidro das janelas
Molhando a noite que me vela.

Ela assiste meu sono, protegendo-me;
A noite catatônica,
Meu corpo cataléptico
Depois de mais um dia de trabalho.



Jejels, 04/01/2011.

Nenhum comentário: