terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

Ingênua

Acreditei cegamente
Em todas as suas palavras.

Aceitei sem pestanejar
Todos os seus desafios.

Confiei sem questionar
Em todas as emoções a que fui submetida.

Corri em busca de alguém
Por quem me apaixonei...
Mas fui ingênua ao imaginar
Que esse alguém era você.

Pois esse alguém está em mim,
Dentro da minha cabeça,
Machucando meu coração...

Foi tudo minha imaginação.




Jejels, 01/02/2011.

Nenhum comentário: