segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Ipês de agosto

Quão saudosos e rosados
São meus ipês de agosto
Que em julho mostram seus galhos
Abertos a me esperar em seu posto
Sem uma flor a colorir,
Aguardando a hora em que eu sorrir
Para abrir-se num festival do cerrado
Com flores e borboletas num festim perfumado.

Quão saudosos e rosados
São meus opês de agosto
Tão floridos como jamais havia sonhado,
Tão coloridos no cenário pardo.



Jejels, 25/07/2011.

Nenhum comentário: