sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Convite do espaço

Passeio pela rua
Uma grade se insinua,
Logo convidando
Meu olhar a espreitar.

Um mundo de luz e cor,
Poesia visual pairando,
Dançando com som e calor
Sob telhas de amianto.

Num ambiente escuro,
Uma parede de vidro
Transformando o espaço contido
Num convite alegre e seguro.

E brotam plantas verdes
No jardim do lado de fora,
Abraçando a terra com sede,
Entra no espaço que meu olhar devora.

E a brisa vem de leve
Como uma cobertura perfeita
Nesse doce que sua boca me serve
- Esse sorriso puro de quem se deleita.




Jejels, 23/09/2011.

Nenhum comentário: