terça-feira, 18 de outubro de 2011

Gravando-te

É no detalhe da flor,
Naquela coloração única
Que aparecerá quando o sol se pôr
Atrás dos teus olhos.

É no doce do mel,
Naquele sabor consagrado
Que se perderão meus lábios
Num piscar de olhos.

E é no perfume de céu,
Naquele clima perfeito
Que ficará o olhar cor de mel
Para sempre preso no meu.





Jejels, 18/10/2011.
Pauta para a 58ª edição poemas do Bloínquês.

Nenhum comentário: