quarta-feira, 12 de outubro de 2011

Incompatíveis

Sempre duvidei do quanto as coisas pudessem dar certo. Desde que esse clima de romance começou entre nós, havia sempre algo a mais em minha cabeça, algo que poderia colocar tudo em dúvida. E somos tão diferentes, há mil desencaixes em nossas vidas, inúmeras incompatibilidades em nossas personalidades. Mesmo assim, aceitei encarar a aventura. Estar com você me fazia bem apesar de todas essas diferenças gritantes entre nós... mas agora percebo que isso não está sendo o bastante para mim, que você não entende a minha dinâmica, ainda não entende nada dos meus sentimentos, na verdade. Você foi me encantando e continua semeando sorrisos em mim, mas não passa disso. Além do mais, já estão se repetindo as situações em que mesmo na sua presença, coloco a validade dessa relação em cheque. Não, não tem sido o bastante e creio que você não perceba isso pelo simples fato de não conseguir decifrar os meus desejos. Já passou o tempo em que eu fechava os olhos e a lembrança do seu rosto me fazia esboçar um sorriso. Estamos entrando em descompasso, saindo de sincronia... e não há nada que eu possa fazer que não esperar até que a linha tênue que nos une se rompa quando chegar a hora.


Jejels, 12/10/2011.
Pauta para a 89ª edição musical do Bloínquês.

Nenhum comentário: