sexta-feira, 14 de outubro de 2011

Pulso

Sentir e pensar
- Por que separar?
Se devo agir como desejo,
Ouvir o coração e meus anseios?

E por que é tão difícil perceber
Que ambos fazem parte de mim,
Lampejos de saber e do querer,
O sóbrio branco e o voluptuoso carmim?

E múltiplas cores de meus olhos,
Quimeras, devaneios, sonhos,
Um vulcão ardente, alerta em sentidos
Responde prontamente aos estímulos.

Sentir e pensar
- Difícil de separar
Apesar de que alguns momentos
Revelem-se sentimentalmente tão intensos.



Jejels, 10/10/2011.

Um comentário:

May Coimbra disse...

DA uma olhada no meu blog .
www.maycoimbra.blogspot.com