domingo, 8 de janeiro de 2012

Ignorada

Os dias passam,
O nevoeiro se aproxima,
As lembranças apagam,
O céu se torna cinza.

A distância vence imponente,
Minha palavra, impotente,
Não consegue chegar a você.

E o tempo consome
A esperança fio a fio,
À noite, no frio,
Aguardo insone.

Havia chegado, afinal
Minha voz a você
-Que apenas se negou a responder.



Jejels, 08/01/2012.

Nenhum comentário: