quinta-feira, 5 de abril de 2012

Aquarelável

O ciclo do dia nos ensina
As mil cores do sol,
Mil facetas por detrás da cortina.

Numa aquarela sutil,
O sol modifica a paisagem
Num balé juvenil.
O ciclo do dia no ensina
Movimentos contínuos,
Mudança de quem opina.

O ciclo do dia, mesmo rotina,
Exibe uma variação delicada,
Mudança
que fascina.


Jejels, 05/04/2012.
Pauta para a 82ª edição poemas do Bloínquês
.

Um comentário:

Mia Sodré disse...

Lindíssimo e poeticamente vago. Amei. *-*