quinta-feira, 17 de maio de 2012

Condenados

O que é uma flor perante a floresta
- Uma multidão destroçada pelo fogo - ?
A doença se alastra,
Alcança tudo que estiver próximo,
Contamina com fúria e ódio,
Destrói qualquer sombra de esperança.


O mundo entra em conspiração,
Julga fria e fatalmente,
Condena ao fracasso e à morte
O náufrago inocente.


Mas quem seria digno de sobreviver?
Estamos todos com as mãos e o coração
Sujos de sangue.



Jejels, 17/05/2012.

Um comentário:

Wanessa Guimarães disse...

Olá,
Parabéns pelo blog! Estou seguindo.
Segue lá também..

http://www.estanteseletiva.com/