sexta-feira, 11 de maio de 2012

Peito em combustão

Como é leve,
Como é bom
Redescobrir o amor
Mesmo que em um beijo breve.

O roçar suave de lábios,
O sussurro que se alastra,
Invade o coração,
Amplia a emoção.

O toque tão terno
Fazendo uma trilha de queimaduras
Que derretem as fissuras
Com o desejo sincero.

E a doce tontura,
Ah, essa sublime loucura
Que me libera o espírito
Num apaixonado delírio.



Jejels, 11/05/2012.

Nenhum comentário: