segunda-feira, 28 de maio de 2012

Sonhadora

As ideias brotam sem pressa,
Cada uma a seu tempo,
Compondo um grande painel,
Quebra-cabeças monumento.

Coleciono cada peça,
Aprecio seus contornos,
Descubro infinitas possibilidades
Nesse sonho que começa.

Nele, posso fazer o que quiser,
Criar minhas próprias leis,
Ir além da sensatez.

Pois não há barreira,
Não há limitação:
A regra é usar a imaginação.



Jejels, 28/05/2012.

Um comentário:

Mz disse...

TAmbém concordo. Cada coisa a seu tempo.

Se gostas de escrever podes partipar em "Fábrica de Letras" todos os meses com um tema diferente. Eu participo.
:)