sexta-feira, 22 de junho de 2012

Casulo



E se a borboleta tivesse medo de sair de seu casulo?
E se ela não tivesse certeza de que está pronta?
E se ainda tiver alma de lagarta?
E se, porventura, perder as asas?

E, de tanto perguntar,
De tanto pensar,
De tanto duvidar,
Ficou no mesmo lugar.



Jejels, 20/06/2012.

Nenhum comentário: