sábado, 2 de junho de 2012

Desperto

Desperta teu coração
Tão relutante quanto o meu?
Evocando carinhos,
Mergulhado em delírios
Que a noite escondeu.


Desperto saudosa,
Mas ainda com o cheiro das rosas
Que enfeitam o sabor da paixão.


Desperto serena,
Com a leveza no coração
Que com amor, se envenena,
Se condena
E queima
Em doação plena.




Jejels, 01/06/2012.

Nenhum comentário: