sábado, 14 de julho de 2012

Unhas e dentes

Unhas e dentes - ela disse.
Ela lutaria por tudo o que restou
Até que tenha acabado o show,
Pois apenas ao cair das cortinas
Ela sentaria, deitaria, cairia
De joelhos
- E ainda assim, com o desassossego
De não ter realizado seu desejo.


Com unhas e dentes
E uma persistência imortal,
Contra o real e o irreal,
Com força crescente.


Poderia não ter mais soldados,
Poderia ela mesma ter se humilhado,
Mas ainda assim, estaria presente
Enquanto pudesse lutar com unhas e dentes.




Jejels, 12/07/2012.

Nenhum comentário: