quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Até ontem

Olhos vermelhos,
Insaciáveis anseios
De um coração perturbado,
Que só enxergava um lado
De tudo que lhe aparecia.

Perdia o fôlego
Abraçando derrotas,
Aceitando visões tortas
Por trás de uma bandeira branca.

Rasgava meus projetos
E deixava murcharem meus sonhos,
Cegava-me diante de afeto
E agigantava meus monstros.

Até que acordei
E respirei um raio de sol
Que transformou meu si bemol
Num dó maior.


Jejels, 30/08/2012.

Um comentário:

Igor Melo disse...

Muito bom, em dó maior!