quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Explicando-me

Falar de sentimentos? Ora, como falar do que se esconde aqui dentro? Invisível aos olhos por ser abstrato, mas intenso ao ponto de ditar meus gestos, manipular palavras, transbordar em reações diversas... como falar de uma força tão grandiosa que não se traduz em nenhum dos cinco sentidos de nossos corpos? É isso. Apenas pode-se perceber pelo sexto sentido.
E escolhendo palavras, perco-me num jogo de esconde-esconde por não encontrar expressão que defina o que ferve aqui dentro e acabo mesmo me convencendo de que é grande demais para caber em letras, complexo demais para uma explanação, mas transparente o bastante para que vejas em meus olhos um sorriso que brilha mesmo quando estão fechados. E é assim que faço entender meus sentimentos - sem palavras.


Jejels, 29/08/2012.

Nenhum comentário: