quarta-feira, 12 de setembro de 2012

Da dor

É da dor que se constrói a força;
De gritos que fazem a voz ficar rouca,
De feridas que deixam marcas,
De choques e de farpas.

É da dificuldade que vem a grandeza,
Do suspiro de sobrevivência,
Da vontade e da insistência
Mesmo quando tudo parece perdido.

É que quando um músculo se rompe,
Ele se reconstrói mais resistente
E assim como no corpo,
A força também se constrói na mente.



Jejels, 12/09/2012.

Nenhum comentário: