quarta-feira, 5 de setembro de 2012

Meus pensamentos e eu

De repente,
Parece que o ambiente esvaziou mais uma vez,
Que na melodia do piano,
Percebo ainda o silêncio da melancolia;
Que na minha solidão,
Percebo ainda a ruína da motivação.

De repente,
Parece que o chão desestabilizou mais uma vez,
Que a cada passo,
Sinto dissolver a solidez;
Que a cada minuto,
Sinto crescer minha morbidez.

De repente,
Apenas eu e meus pensamentos
Nessa inércia latente.



Jejels, 04/09/2012.

Nenhum comentário: