domingo, 11 de novembro de 2012

A realidade


Sonhos são aqueles
Que em dias sem luz
Invadem meu coração,
Um arco-íris que seduz.

Sonhos tão distantes
Sei que adiante
Será difícil caminhar
Mas o que eu poderia esperar?

Só sei que no fim
Algo deve acontecer,
Mas o caminho por onde chegar
Ainda é uma incógnita a me incitar.
Talvez o sonho não se alcance,
Talvez não seja de romance
O meu destino...
Talvez meu desatino chegue ao fim
Quando aceitar que não é ruim
Uma vida sem o raio de sol,
O esplendor de conquistar
O que se sonhou...

Talvez seja apenas sobreviver,
Deixar o sonho envelhecer
Em seu lugar.

Talvez a corrente do rio,
Ser mais um na multidão
Seja meu trivial destino.



Jejels, 11/11/2012

Nenhum comentário: