quinta-feira, 22 de novembro de 2012

Razões dos meus delírios

Por que cada toque me desperta
E a cada dia, de um jeito diferente.
Cada olhar mais doce,
Cada beijo mais envolvente,
Cada toque mais denso,
Com mais carinho,
Com mais amor.

E derramo meu corpo sobre o seu,
Um caminho florido ao céu,
Um deleite suave ao qual me entrego.


Jejels, novembro 2012.

Nenhum comentário: