sábado, 15 de dezembro de 2012

Sonhando

Por que tão longe?
Inalcançáveis lábios macios,
Mar que se desmancha em rio,
Sol que ao poente, se esconde...

Quisera eu cessar em ti meu pranto,
Debruçar-me perante tal abismo,
Pois é impossível resistir ao encanto
Desse olhar penetrante e cristalino.

Mas conseguiria eu alcançá-lo?
Ao menos em sonho, seria possível
Tocar a rosa sem os espinhos de seu talo,
Provar desse beijo irresistível?


Jejels, 09/12/2012.

Nenhum comentário: