sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

Apenas um pensamento numa manhã de sexta-feira


Uma pessoa imprime nas coisas seu jeito de ver o mundo, seu caráter ou seu estado de espírito. É na forma que organiza seus pertences, no jeito que olha para os outros, na disposição de seu quarto que manifesta sua índole. A personalidade expressa-se como uma flor silente que floresce a seu tempo. Portanto, não procure entender as pessoas pela palavra. Há mentiras e desenganos, interpretações errôneas que aparecerão pelo caminho. É no silêncio que duas almas se entendem e é na observação que se conhece verdadeiramente uma pessoa.



Jejels, 04/01/2013.

Nenhum comentário: