sábado, 25 de maio de 2013

Minuccio


"Basta abrir os olhos. Há na vida coisa mais alegre e mais divertida de se ver do que o sorriso de uma linda filha de Deus? Que tristeza resistir-lhe-ia? Dai-me um jogador sem dinheiro, um magistrado senil, um amante desprezado, um cavalheiro fatigado, um político hipocondríaco, os maiores infelizes, Antônio após Actium, Brutos depois de Philippes, que sei eu? mostrai a essa gente somente uma fina face cor de pêssego, enrugada levemente pelo canto de um lábio de púrpura, em que o sorriso adeja sobre duas fileiras de pérolas; nenhum se defenderá! Aquele que agir de outra maneira declaro-o indigno de piedade, porque sua desgraça é ser imbecil."

Musset, em Carmosina. 

Nenhum comentário: