quarta-feira, 12 de junho de 2013

Les Amants (Magritte, 1928)




Os amantes se amam cruelmente 
e com se amarem tanto não se veem. 
Um se beija no outro, refletido.

Carlos Drummond de Andrade
(trecho de seu poema, Destruição)

Um comentário:

Bia disse...

Adorei a associação do quadro com o poema de Drummond!
Muito bom!!